Artigo sobre reestruturação de empresa – GlobalTrevo Consulting

Artigo sobre reestruturação de empresa –  Reestruturação para combater a crise

Desafio é maior, pois envolve muito mais do que definir as novas estratégias de mercado

Em momentos onde muitos ainda falam de crise econômica, pensar em reestruturar um negócio se torna uma missão ainda mais difícil. Não é uma tarefa nada fácil de ser implementada em momentos mais tranquilos, imagine então em meio aos resquícios de uma “crise econômica”.

Diferente de lançar uma nova empresa, um processo de reestruturação empresarial é um desafio muito maior, pois envolve mais do que definir as novas estratégias de mercado. Sim, é preciso revisar os custos com muita cautela a fim de analisar a rentabilidade adequada para cada produto ou serviço. Além disso, a redução da equipe é muitas vezes necessária para que se alcance um cenário mais rentável; afinal, com a redução dos serviços não é preciso manter uma grande equipe para atender uma menor demanda.

Renegociação de dívidas é um dos principais passos para sair do vermelho e conseguir maior fôlego, através de alongamento de prazos e juros menores. Para começar a reestruturação de empresa e melhorar a performance de uma empresa é preciso alguns pontos importantes, como por exemplo: revisão de preços de forma a definir uma rentabilidade adequada para seu produto ou serviço. Constantemente, ao entrar em novos clientes,vemos que muitos dão pouca importância à precificação de seus produtos. Esta pouca atenção à precificação tem reduzido a rentabilidade de muitas empresas.

Outro ponto é a redução de equipe. Parte central de qualquer empresa, a equipe deve sempre estar motivada, com metas definidas e o principal: do tamanho adequado. É preciso uma equipe qualificada e não uma equipe grande com vários colaboradores, sem foco. Temos a necessidade constante de adequação do tamanho da equipe – tanto para mais, quanto para menos.

A renegociação de dívidas com fornecedores de forma transparente é outro item. Em momentos de crise severa, como temos vivido nos últimos dois anos, pendências com fornecedores ocorrem com frequência em empresas.Vimos em nossos clientes de reestruturação que sempre é melhor uma postura transparente com fornecedores, avisando-os sobre possíveis renegociações e fazendo-as de forma linear, respeitando-se prioridades para produção da empresa.

Conversas com clientes para entender demandas e o que pode ser melhorado na empresa são essenciais. Pesquisas de satisfação e de mercado para entender a qualidade de seus produtos, atendimento, tempo de resposta e outros pontos importantes são fundamentais para melhorar o relacionamento com os clientes e aumentar chances da empresa de vendas no futuro.

Foco em produtos e serviços que a empresa tenha maior rentabilidade também são de grande importância no enfrentamento da crise. Empresas que se desenvolvem melhor nesses momentos são as que se voltam para seu core business, reduzindo investimentos em novos produtos onde não detenham conhecimento profundo do mercado e as que mantém seu caixa dentro da empresa.

Artigo sobre reestruturação de empresa publicado no Jornal DCI – leia aqui.


Autor: Eduardo Peres      Artigo sobre reestruturação de empresa

Diretor de Novos Negócios da GlobalTrevo Consulting

Economista, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Mestre em Economia pelo IBMEC Rio de Janeiro. Eduardo é sócio-executivo da GlobalTrevo Consulting, responsável pela área comercial e pela execução de projetos. É responsável, também, pelo atendimento às filiais do Rio de Janeiro e de Belo Horizonte.

Foi responsável pela fundação da GlobalTrevo Consulting em 2008, definindo seu foco no mercado de finanças corporativas e de estratégia: avaliação de empresas, business plan, pesquisa de mercado, reestruturação empresarial, captação de recursos em bancos de fomento e M&A.

Antes de fundar a GlobalTrevo Consulting, trabalhou no grupo de Relações com Investidores da Medial Saúde, na área de desenvolvimento de novos negócios do Grupo Abril e da Globex S.A. (Ponto Frio) e, antes, como auditor na PricewaterhouseCoopers. Durante este período, desenvolveu larga experiência em elaboração de planos de negócios, avaliação de empresas e em negociações de fusões e aquisições.

Este artigo sobre reestruturação de empresa foi publicado em abril de 2017 no jornal DCI. Outros textos sobre reestruturação empresarial podem ser encontrados no link.